Vídeo: Existe A Amizade Entre As Espécies De Animais? 2

Vídeo: Existe A Amizade Entre As Espécies De Animais?

Um filhote de leão e outro de cão jogando. Um elefante vagueando junto a uma ovelha. Um castor descansando sobre o assunto uma tartaruga. Um cão nadar com um golfinho. Este filme promocional pro Android leva mais de 10 milhões de visualizações e é o último modelo de o quanto você aprecia vídeos, imagens e murais do Pinterest, que refletem a amizade entre espécies.

Há mais: a conta de Tumblr Fuck Yeah Interspecies Friendships reúne fotos e gifs parelhos, desde agosto de 2010, e uma procura no Google por “unlikely animal friendship” (amizade entre animais não tradicionais) nos apresenta 1,95 milhões de resultados. Não queremos esquecer a Budwdeiser, que leva 2 anos seguidos anunciando no Superbowl com um spot que mostra cenas muito tenras protagonizadas por um cavalo e um labrador. Algo mais do que imagens bonitas. Não chame isto de amizade no momento em que você ou melhor “relações afiliativas”. Agustín López Goya, diretor de biologia do Zoo Aquarium de Madrid, lembra-se de Verne que é prejudicial usar o termo amizade, pelo motivo de é “atribuir sentimentos humanos e a algumas espécies”, e é mais justo expressar de “relações afiliativas”.

isto É, são comportamentos que lembram a amizade, no entanto que são diferentes ou não sabemos o bastante sobre isso eles, deste jeito que não devemos inferir atitudes humanas. Os vídeos assim como têm o problema de que algumas destas imagens são capazes de ser tiradas de tema. Os benefícios da convivência entre espécies.

  • O juiz de Mascotes
  • Asma instável e caótica
  • Viveiro de bico, Oryzoborus funereus
  • um Argumento teorizado por Negroni 1.Um Teoria Timeline 1.1.1 O Dinossauro Bom (pré-história)
  • Antídotos (no 4º ano)[d 5]

Do que não cabe dúvida, é que os animais, em diversas ocasiões, são capazes de (e precisam) conviver. No respectivo jardim Zoológico de Lisboa segue a tendência de formar “exposições mistas”, com animais de diferentes espécies. López Goya coloca como modelo pros orangotangos, que convivem com os orangotangos de-mãos-brancas.

Estes macacos mais menores brincam com as crias, os orangotangos e de vez em no momento em que, até já “incordian ao macho”, apesar do maior respeito que mostram por ele. E pela pradaria americana do zoo, há um tamanduá que acaricia com seu focinho a uma anta no momento em que ele olha pra cima. Isso enriquece a existência dos animais, “sempre que se trate de espécies compatíveis entre si”.

A empatia nos animais. Este tipo de comportamento bem como são uma mostra da empatia que sentem os animais, sobre o assunto as espécies mais inteligentes -indica López Goya-, como primatas e mamíferos marinhos”. Um modelo clássico nesse modo é quando uma fêmea alimenta a outras crias. A empatia muito documentada entre participantes da mesma espécie: em Aeon, Mark, Ela lembra que há cada vez mais cientistas que sinalizam que os animais são capazes pelo menos de um jeito protomoral”.

E tenha em mente de certas experiências a respeito de, como um de 1959, em que ratos deixavam de apertar uma alavanca que lhes dava comida quando isso importunava um choque elétrico em outras. Precauções em casa. Isso sim, não é obrigatoriamente uma interessante idéia levar para casa um elefante adulto para que jogue com o teu gatinho. López Goya, crítico com a moda de ter animais silvestres em residência, que “necessitam de cuidados profissionais”. Mas parece afirmativo que os animais possam interagir em casa com os outros, “especialmente no caso dos cães, que são animais muito sociais e o pior é tê-los sozinhos várias horas”.

Estes animais de estimação “prontamente estão acostumados a conviver com as pessoas e podem cessar interagindo com outras espécies”. Há que ter cuidado, claro. No Canadian Living acrescentam que, nestes casos, funcionam melhor se os animais se conhecem de adolescentes, principalmente no caso de que um deles seja uma presa potencial do outro, como ocorre com esta rato e o gato. Também há que evidenciar precauções com os cães e os pássaros. Se dando bem, todavia é melhor do que o cão seja baixo e o pássaro enorme.

Rate this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima