Tem Maneiras E Profundeza De Flamenco 2

Tem Maneiras E Profundeza De Flamenco

Espectadores da andaluzia e madri conhecem esses protagonistas descobertos por Jesus Quintero. Estes são os perfis de quem, com uma inteligência fora do comum, tornaram a existência em um show. Enrique García Fernández Nasceu Em Lora Del Rio (Sevilha). De dia é cabrero –tem um rebanho de 21 cabras que cuida e banha pessoalmente– e de noite cabra louca.

Se chama Henrique, porém sobre o palco se transforma em Henri de Lora. Seu visual é espetacular: camisa militar de camuflagem, calcinha vermelha com floripondios e uma exagerada plataforma de formação própria e em homenagem a Bin Laden. Porque e também cabrero e modificação rápida, Henri é um designer profissional. A canção e A música Estanquera foi um escândalo. A letra, como é de se supor que se trate de um estanque, está cheia de sugestões: “Se você me oferece o seu puro, eu te dou meu cachimbo”. Henri canta, também, músicas de estrelas internacionais, embora o seu é a música espanhola.

Como ele diz, “agora, o meu é a música”. O mais legal piropo que lhe foi dito é que tem braços de kain. Ao que complementa: “E pés de caminhoneiro, minha arma”. Manuel Sánchez Serrano Nasceu Em Sevilha. Como Risinhos, vive no Polígono de São Paulo, um popular bairro de Sevilha.

Era chamado de Bertoni, no entanto mudou o nome pro de Tito Triana. O mais impressionante do personagem é a sua típico forma de mostrar. Não é apenas que possa ser gangoso, é que não se compreende nada. Daí que Risinhos, que bem como não domina, se tenha tornado teu tradutor oficial.

Este problema não acompleja nem sequer mergulhou em silêncio a Tito. Ao oposto, parece que o estimula. É o que mais fala, e, acima de tudo, o que mais trabalha. Porque Tito é um poeta. Não sabemos se compreende ler e publicar, entretanto é um poeta, um poeta popular que lhe inspira, de forma especial, a Virgen do Rocío, que dedica seus mais inspirados poemas. É um dos mais novas descobertas quinterianos.

Como seus companheiros Risinhos e Peíto, é pura expressividade, puro gesto. João Jóia Borja Nasceu Em Sevilha. João Jóia Risinhos é um dos protagonistas mais inteligentes e com mais poder do que os que passaram pelo Vagamundo. Ninguém lhe pôde jamais no programa, apesar de ter sentado ao lado dos travestis mais descarados.

  1. Jarrete : Forte, de boa angulação
  2. dois Ano de 2017
  3. doze PAREDE-E (2805)
  4. Calmante para Cachorro
  5. Não metas um animal selvagem em residência
  6. Respostas imunológicas ao pelagem do animal

O mais peculiar dele é o teu riso, um riso potente e contagiante que, de repente, pára em seco ou se cobre com um sibilante “cuñaaao”. Risinhos por volta de piadas fita na história que consegue que tenham graça, à força de repeti-las uma e de novo, como se o ouvinte não os tivesse interpretado.

daí a tua famosa sentença: “Jesus, tu não és daqui”. Mas a coisa mais sensacional são as histórias de sua existência. Risinhos teve a sorte de que o atropelado por um carro, um Renault Clio. Diz-Se que teve a fortuna, visto que a partir de dessa maneira foi possível viver permitindo-se o luxo de não ceder o golpe. Não é que antes tivesse trabalhado muito. Foi um dia em um restaurante como ajudante de cozinha, pintándole os olhos para o macarrão para vendê-los como angulas e outro, removendo os olhos pras puntillitas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima