História De Yucatán 2

História De Yucatán

No Pleistoceno; Cavernas de Tulum; Mulher de Palmas; Jovem de Chan Hol. A história de Yucatán, pontualmente falada, começa a partir da vitória espanhola, na primeira metade do século XVI. O nome Yucatán, assim como atribuído à península originou-se durante as primeiras explorações dos conquistadores vindos da Europa. De acordo com uma delas, tudo foi decorrência de um navegador hispano interpelando a um indígena maia, quis saber o nome da região.

O indígena, provavelmente, lhe alegou Ma’anaatik ka t’ann, que no idioma maia yucateco significa não sei o seu expor ou não te compreendo. Diz-se assim como que os espanhóis deram o nome de Yucatán para a região em razão de os maias contestaban às tuas perguntas com a frase uh yu ka t’ann, que em maya significa ouve como falam, e os espanhóis entenderam Yucatán.

Outras versões apontam que a península de Yucatán vem da maia Ci u t’ann, que significa não imagino. Em qualquer caso, os hispânicos entendiam qualquer coisa semelhante com o vocábulo Yucatán que hoje chama e região metropolitana e no estado mexicano de mesmo nome. A presença dos primeiros humanos, no espaço geográfico da península de Yucatán datam do término do pleistoceno (ca.

  • Seja um agradável conversador, e além de tudo, escuchalo
  • 1, A campanha de Roncesvalles
  • Não, agora estava falecido. Era muito atraente, entende? Como tu, e outro em tal grau, que o teu irmão
  • Tende Piedade
  • Seja gentil
  • McBain’s, An Etymological Dictionary of the Gaelic Language

Tulum e as grutas de Loltún. Também foi achado nas grutas de Loltún objeto cerâmico do ano 700. C. e vestígios de assentamentos humanos para 2300 a. C., estes aparentemente não são de origem maia. Foram os maias que estabeleceram as primeiras cidades pela península.

Os primeiros de entre eles, comprovam alguns historiadores, do que alguns pensam, pra instalar-se pela localidade sudeste da península da área de Bacalar”, Quintana Roo e que o fizeram, até o ano de 250 DC. Mais tarde, houve outros grandes centros urbanos maias em Yucatán, apesar de cada cidade tinha liberdade e potência militar (com organização semelhante à das polis gregas), todos se identificavam como maias. Na península, as três cidades principais eram, além de Chichén Itzá, Uxmal e chichén itzá.

Estas formaram a Liga de chichén itzá, que era uma espécie de confederação pra ter apoio mútuo em matéria de comércio e defesa de suas fronteiras. Após o descobrimento da América, houve um enorme modo de vitória. Primeiro, começaram as expedições de reconhecimento, desde as ilhas de Cuba, Porto Rico, A Espanhola e a Jamaica. Por seu lado, Jerónimo de Aguilar foi resgatado por Hernán Cortés, quando este passou por estas terras, em 1519, o que começou como expedição e finalizou como a Conquista do México.

Francisco Hernández de Córdoba chegou à península de Iucatã em 1517 à frente da primeira expedição formal por intermédio da ilha de Cuba. O primeiro ponto de terra que tocaram foi Isla Mujeres, logo em seguida, Cabo Catoche, ponta que ficou desse modo por causa de os índios lhes diziam duty-free cotoche, venha à minha casa. Daí seguiram abraçando a costa norte da península de Yucatán até entrar a Champotón, lugar que chamaram Baía de Má Luta.

Lá foram atacados tornando diversos mortos e ao faltar braços pra governar os navios tiveram que abandonar a embarcação mais pequena, pelo caminho, foram lançando ao mar os que morriam. Tomaram a rota da Flórida, onde também não foram bem recebidos. Finalmente retornaram a Cuba, de onde haviam partido. Dado que Cabo Catoche foram levadas peças de ouro pra Cuba pelo pai González, Diego Velázquez de Cuéllar, governador de Cuba, de imediato organizou uma segunda expedição.

A qual encarregou a teu sobrinho Juan de Grijalva. Em 1518, partiu de Cuba, uma expedição integrada por quatro navios e duzentos e 40 homens, o comando da expedição coube a Juan de Grijalva. Os expedicionários chegaram à Ilha de Cozumel e exploraram o litoral de Yucatán e quota do Golfo do México, em Champotón de novo não foram bem-vindos e Grijalva ganhou uma flechada pela boca, que lhe deitou dois dentes. Partiram sentido a um ponto localizado na boca da Lagoa de Termos, ao qual chamaram de Porto Desejado (Porto Real, pela Ilha do Carmén).

A vitória de Yucatán foi realizada duas décadas depois da conquista do México por Francisco de Montejo o com Antecedência, e seu filho Francisco de Montejo e Leão, “o Moço” e teu sobrinho, Francisco de Montejo, o sobrinho. O Adiantado tinha estado pela expedição de Juan de Grijalva, e se juntou a Hernán Cortez pela conquista do México.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima