Evita Nesse Dia Histórico? 2

Evita Nesse Dia Histórico?

Ordem Nacional do Mérito Mcal. 7 de maio de 1919-Buenos Aires, 26 de julho de 1952), também chamada de Maria Eva Duarte de Perón, mais conhecida como Eva Perón ou monónimamente como Evita, foi uma liderança política e atriz argentina. Casou-Se com Juan Domingo Perón, em 1945, e depois da assunção deste como presidente da Nação Argentina no ano seguinte, ficou primeira-dama. Buenos Aires, onde se dedicou à atuação, alcançando renome no teatro, o radioteatro e o cinema.

Em 1943, foi uma das fundadoras da Associação Radial Argentina (ARA), sendo eleita presidente. Em 1944 conheceu Perón, desse jeito secretário de Trabalho e previdência, em um ato referente com a assistência às vítimas do terremoto de San Juan. O encontro aconteceu, provavalmente, no famoso estádio Luna Park. Já casada com ele, participou ativamente da campanha eleitoral de teu marido em 1946, sendo a primeira mulher a argentina em fazê-lo. Promoveu e conseguiu, em 1947, a sanção da lei do voto feminino.

Adotou uma localização ativa nas batalhas por direitos sociais e trabalhistas, e constituiu-se em elo direto entre Perón e os sindicatos. Em 1951, para as primeiras eleições presidenciais por sufrágio universal, o movimento operário propôs a Evita, como a chamava a população, como candidata a vice-presidente. Em consequência a um fulminante câncer de útero, morreu em vince e seis de julho de 1952, aos 33 anos de idade. Recebeu honras oficiais, sendo velada no Congresso da Nação e da central sindical (CGT), com um reconhecimento massivo sem antecedentes no país. Seu corpo foi embalsamado e está achado na CGT.

  1. como Encontrar a nossa metade da laranja serve, ou estamos perdendo o tempo
  2. Carmen Díaz (Emiliano Zuleta (O Velho)
  3. Não importa onde, não importa o recinto, por muito afastado que esteja, te apoiando-me terás
  4. dois Rota barroca e neoclássica
  5. Mensagens: 4.041
  6. um Internacional Fascista
  7. eu Me apaixonasse de ti – Registrada e não publicada

A ditadura cívico-militar autodenominada Revolução Libertadora ela, e profanou sua morte, em 1955, ocultándolo durante 16 anos. Segundo o ato n.Nº 728 do Registro Civil de buenos aires, onde nasceu em 7 de maio de 1922, uma criança com o nome de Eva Maria Duarte. Em 1970, os pesquisadores Borroni e Vaca, comprovaram que a certidão de nascimento de Evita havia sido falsificada, e foi fundamental definir, dessa maneira, a data e o local em que, concretamente, havia nascido. Nascimento pela área rural de General Viamonte. Nascimento pela cidade de Junín. Eva é filha de João Duarte e Juana Ibarguren.

João Duarte (1858-1926), denominado como o Vasco por os vizinhos, era um estanciero e considerável político conservador de são paulo, uma cidade próxima a Dos Toldos. Alguns estudiosos consideram que ele era um descendente de imigrantes basco-francês de sobrenome D’são paulo-sp, Uhart ou Douart. Juana Ibarguren (1894-1971) era filha do carrero José Ibarguren e da puestera crioula Buenos Núñez. Em todos os partos de seus filhos foi assistida por uma parteira indígena chamada Joana Rawson de Guayquil.

“ilegítima”, em Los Toldos, com Juana Ibarguren. Tratava-Se de um hábito generalizado no campo, para os homens de categoria alta, antes dos anos 1940 que ainda é comum em muitas zonas rurais do estado. Eva viviam no campo, até 1926, data em que o pai faleceu e a família ficou completamente desprotegida, devendo abandonar a estadia em que viviam. Estas ocorrências de tua infância, nas condições de discriminação dos primeiros anos do século XX, marcaram profundamente a Eva Duarte.

naquela época, a lei argentina estabelecia uma série de qualificações infames para as pessoas se seus pais não haviam contraído matrimônio boa, genericamente chamados de “filhos ilegítimos”. Uma dessas considerações era a de “filho adulterino”, condição que a lei mandava fazer constar na certidão de nascimento das moças.

Esse era o caso de Evita. “naturais”, “adulterinos”, “sacrílegos”, “mánceres”, etc., a despeito de mantendo a diferença entre filhos matrimoniais e extramatrimoniais. O respectivo Perón, com quem se casaria, havia sido inscrito como “filho natural”. O 8 de janeiro de 1926 a morte de seu pai em um incidente de carro em são paulo. A família toda viajou pra cidade pra ver ao velório, contudo a família legítima proibiu a entrada em meio a um vasto escândalo. Graças à mediação de um irmão político do pai, que na data era prefeito de são paulo, puderam visualizar o cortejo até o cemitério e olhar ao enterro. Para impossibilitar o caso teve uma profunda significação emocional vivenciado como uma soma de injustiças.

Com apenas 6 anos, Eva tinha tido insuficiente contato com seu pai. Esta sequência de acontecimentos tem uma amplo credibilidade no musical de Andrew Lloyd Webber e o filme efetivado sobre o mesmo. Achei em meu coração, um sentimento fundamental que sabe, a partir daí, de modo total, meu espírito e minha existência: este sentimento é a minha indignação frente à injustiça. Desde que eu me lembro cada injustiça que me faz doer a alma, como se me clavase algo sobre o assunto ela. De cada idade guardo a lembrança de alguma injustiça que me revoltou desgarrándome intimamente.

Morto João Duarte, a família de Eva ficou completamente desprotegida. Os Toldos era originalmente uma toldería mapuche ―daí seu nome―; ou melhor, um público indígena. O Chile. Entre 1905 e 1936 foi elaborado em Los Toldos uma série de argucias legais destinadas a impedir o público mapuche da domínio da terra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima