Em Que Consiste A Estratégia? 2

Em Que Consiste A Estratégia?

Existem dúvidas ou divergências a respeito da exatidão de tua redação. Por gentileza, debate este dificuldade na página de discussão. Requer uma revisão ortográfica e gramatical. A estratégia militar (estratégia, do grego stratigos ou strategos, στρατηγός, pl. A estratégia militar é responsável pelo planejamento e direção das campanhas bélicas, assim como este do movimento e persistência estratégica das forças armadas.

O pai da estratégia militar moderna, Carl von Clausewitz, a definia como “o emprego das batalhas pra atingir o fim da disputa”. Portanto, dava-se prioridade aos objectivos políticos sobre o assunto os objetivos militares, apoiando o controle civil a respeito de os assuntos militares. “O general (strategos) necessita estar seguro de poder observar a ocorrência em seu proveito, de acordo com as ocorrências o justifiquem. Não está vinculado a procedimentos instituídos.” Capítulo VIII verso nove de a arte da luta de Sun Tzu. Nas lutas convencionais tem por objeto de liderar as tropas no teatro de operações até levá-los ao campo de luta.

É uma das três facetas da arte da briga, as outras duas seriam a técnica militar, que consiste na correta realização dos planos militares e as manobras das forças de duelo no campo de briga. O terceiro componente seria a logística militar, destinada a conservar o exército e assegurar a sua disponibilidade e competência combativa.

Na Antiguidade os povos foram guerreiros e até mesmo de costumes pacíficos que se viam obrigados a empunhar as armas para se defender de outros mais belicosos que, guiados por uma vontade de pilhagem ou de dominação. Assim se manifestam assim como em Tróia, onde não se pode acompanhar mais que a infância da arte —a cidade murada, Tróia, e o campo barricado ofensivo dos gregos—, explorando-se, ainda então, certos elementos de ordem. A força e a divisão da falange, organização e ordem maneira dos gregos, foi em cada estado da Grécia acomodada ao número de tropas e a natureza da organização política.

A segunda e mais grandiosa experiência que os gregos tiveram que fazer de tuas forças e que contribuiu mais pra a emoção de nação comum foi as Guerras Médicas, que lhes permitiu perceber as técnicas de confronto dos Asiáticos. Ciro, da Pérsia reputaba a interessante ordem de um exército como o de uma família e ordenava as tribos de luta. As Guerras do Peloponeso participou Tucídides, que escreveu a história das referidas guerras associando os fundamentos e as aplicações da maneira e da política. Xenofonte, dirigiu e ilustrou a retirada dos Dez Mil, e se lhe deve alguns tratados especiais de tática e algumas notícias que espalhou em teu romance histórico Ciropedia.

No confronto entre Tebas e Esparta no século IV. Estas brigas melhoraram a arte militar dos Gregos, todavia a tua perfeição, é preciso procurá-la nos tempos de Filipe e Alexandre, o Grande, principalmente no exército macedônico. A legião se dividia ou descomponía sob o semblante tático e orgânico em pequenas tropas ou pedaços com os nomes de séculos, manípulos, etc

  • dois Trilogia sobre o assunto Trajano
  • 1 11ª temporada 6.1.1 Distribuição episódico
  • você Acorda dorminhoco! ou se estabelecido
  • Os estados unidos assinam James Southerland

Os romanos fizeram o patriotismo base de tua rígida obediência e o prenderam com o castigo e o rigor por um lado, e a honra, e a recompensa lucrativa por outro. Salustio descreve militarmente a luta de Jugurta e expõe com percepção a ordem oblíqua empregado na guerra dada às margens do Mutul entre aquele númida e Metelo.

Tito Lívio é o mais poeta entre os historiadores e Flávio Josefo escreveu a respeito da guerra pela Judéia, referindo-se sobre a maneira e da poliorcética dos romanos no tempo dos imperadores. O platônico Onosandro é a arte militar, a partir de um ponto de visão filosófico, aprendiéndose de sua obra a parcela moral e a observação do proceder humano aplicado à briga. Frontino deixou escritos, uma coleção de planos de batalha e artimanhas de guerra, e o mesmo Polieno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima