Cinco Razões Por Que Devemos Engordar No Verão 2

Cinco Razões Por Que Devemos Engordar No Verão

Após tal se dedicar com a operação biquíni (ou maiô), chegou o instante de pô-lo: os dias de piscina e praia neste momento estão aqui. Os endócrinos e os especialistas em nutrição garantem que no verão, com o calor, comer menos, contudo ingerir pior. E isto tem uma clara translação na balança: os espanhóis engordam entre 2 e 3 quilos durante o verão, em especial em férias. Os responsáveis do mestrado em Alimentação, Nutrição e Segurança Alimentar da instituição de negócios IMF Business School são analisados quais são os 5 motivos fundamentais pra que a nossa dieta piora e ganhamos quilos no verão.

Calor e cozinha O calor e a cozinha não são muito compatíveis. Com as altas temperaturas, o que menos desejamos é ligar fornos ou fogos que elevam ainda mais a sensação de calor. Dessa maneira, é frequente recorrer a pré-cozinhados e de receitas rápidas, contudo com um grande teor calórico. A Associação de Cervejeiros de Portugal garante que 30% da cerveja consumida anualmente pela Espanha se bebe entre julho e setembro. Seu efeito refrescante, somado ao incremento da existência social “cañita” na mão, faz com que se beba muita mais cerveja do que de uma dieta saudável, aconselha, em tão alto grau pelo teu teor alcoólico, como as calorias extras que assegura.

Também, explicam os especialistas, o álcool, distante de substituir a água como referência de hidratação, elimina o nível de água no organismo, e faz com que o cérebro entre em “modo de fome”, aumente o apetite e encurtar o autocontrole. Os nutricionistas chamam “fome emocional”, e quem mais e quem menos se viu nessa ocorrência: me aborreço, não entendo o que fazer, em razão de como.

E este feito de suprimir impulsivamente entre horas, de ingerir por tédio, aumenta no verão porque é a data do ano em que temos mais tempo livre, há mais ratos falecidos e estamos mais vagabundos. Para impossibilitar isto, dizem os especialistas, o melhor a fazer é conter-se e realizar alguma atividade, como olhar uma série, deslocar-se à piscina, à praia ou ao cinema. Com a chegada do agradável tempo, chegam assim como as churrascos.

E muito poucos se limitam a colocar sobre isso elas várias legumes. Morcela, chouriço, bacon, espinhos ou uma sensacional peça de carne é o mais convencional. Se no Natal a tentação são os bolos e polvorones sobre a mesa, no verão são os sorvetes, a criação e os refrigerantes disponíveis onde quer que esteja.

alheio a essas razões e algumas algumas tentações “comestíveis” em que nos apresentamos no verão, por intermédio da Sociedade brasileira de Endocrinologia e Nutrição (SEEN), esclarecem-se 10 diretrizes chave a seguir se quieremos preservar uma dieta saudável no verão. Com as altas temperaturas é fundamental conservar-se bem hidratado e pra essa finalidade você deve ampliar a ingestão de água e de frutas e produtos hortícolas, que se podem tomar em maneira de gazpachos ou sopas frias.

Para controlar o peso durante os meses de verão, os endócrinos aconselham remover totalmente todas as bebidas que forneçam calorias: refrigerantes, cervejas e o resto de bebidas alcoólicas, incluindo as versões “sem álcool”. Sua recomendação é beber água e chás de ervas e, no momento em que muito, alguma bebida “light ou sem açúcar”. Aconselha-Se moderar o consumo de carne, especialmente a vermelha, e tomar mais peixe.

  • 12 Gabinete Joy Way
  • Reduzir os sintomas
  • Se o artigo Adidas ou outros há publicidade, avisa, em suas conversas, não esta
  • três colheres de sopa de coentro fresco picado

Em concreto, recomendam cinco ou 6 porções de peixe por semana, das quais, pelo menos três devem ser de peixe azul. Você coma o que você coma, mesmo tratando-se de alimentos saudáveis, como as frutas secos, legumes, macarrão ou o arroz, há que controlar e moderar as quantidades que tomamos, para não comer um exagero de calorias. Os especialistas em nutrição garantem que é sério reduzir, entretanto não cortar a ingestão de gordura, e que a que se dá seja essencialmente azeite de oliva. E para reduzir o teu consumo, insistem em que as operações mais descomplicado: cozinhar os alimentos em teu suco, grelhados ou cozidos.

Os sorvetes e doces não precisam ser tomadas diariamente. Recomenda-Se que o teu consumo seja moderado, e que a sobremesa se opte por frutas ou alguma sobremesa láctea que a contém e, ao mesmo tempo aporte prebióticos e probióticos. Uma bacana maneira de não ficar mais gordo no verão é aumentar o exercício que realizamos, pra gastar as calorias extras que possamos tomar. O ideal é fazer uma atividade física leve ou moderada, porém regular, praticada no mínimo, 4 ou cinco vezes por semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima