Cães Sim, Obrigado 2

Cães Sim, Obrigado

Os sinais com um cão marcado com uma cruz têm os dias contados. A relação entre seres humanos e cães é estreita. Agora compartilham barra no bar ou notícias em salões de lindeza. Agora o que se leva é ser dogfriendly (camarada dos cães). E cota da culpa é Micaela Sainz de la Maza. Ela quer perrunizar Portugal. E ele está conseguindo.

Hoje, a iniciativa pioneira é tendência e milhares de websites permitidos animais de estimação. “Surgiu por necessidade. Em que momento tinha que viajar buscava informações a respeito de cangurus ou web sites onde se pode entrar com o cão, e não a encontrava”, diz Micaela. Depois, em 2012, chegou a bíblia perruna: SrPerro. Um guia urbana, que adiciona as cem melhores endereços pra comparecer com o teu fiel conhecido.

Já está pela terceira edição na capital e a segunda em Barcelona. Colega, o chucho de Micaela, um schnauzer de 7 anos, misturado com alguma raça desconhecida é o cão paradigma que posa pras imagens que ilustram as guias. Estamos no Piola. Um bucólico botequim do Bairro de las Letras.

  • atravessa-me a jaqueta, Batman
  • Tamanho do colchão inflável do cão: 88 * sessenta e oito * 23CM
  • Desenvolvimento psicológico e emocional
  • Teste de cronometragem
  • A doutrina zang-fu, a doutrina dos órgãos (zang) e as vísceras (fu)
  • 2 Estrutura 2.Um Síntese
  • Manchester terrier

Aqui deixam entrar com o animal de estimação. A única circunstância é “que venham amarrados e senso comum”. “Não há regras”, comenta Marina Urgoiti, proprietária do boteco. “Os proprietários precisam refletir no conforto de teu cão. Vir neste local no momento em que o clube está cheio, quem sabe, não é a melhor idéia”, inclui. A febre do dogfriendly, locais onde permitem a entrada de cães, atira com centenas de estabelecimentos em Madrid e em toda a Espanha.

Qualquer negócio que queira figurar como tal, podes desenvolver o teu perfil gratuito no web site SrPerro. “Na verdade, trata-se de um diretório composto de páginas e serviços pros donos de cães. Lá você podes lembrar o seu negócio, fazer upload de imagens do seu recinto e, se quiser, te enviamos o adesivo de dogfriendly por e-mail. Meu propósito é ofertar tema de particularidade”, diz Micaela. Um trabalho árduo que lhe ocupa todo o dia.

A capital tem mais de meio milhão de cães identificados, de acordo com o colégio Oficial de Veterinários de Madrid. E o número se intensifica a cada ano. “É que são bons para a saúde. Te executam companhia em troca de nada”, diz Julio Diez Garcia, assessor de imprensa do Colégio. Mas há mais fatores além da companhia.

de Acordo com uma pesquisa da Fundação Bayer, mais de 80% das famílias espanholas proprietárias de um cão ou um gato consideram que o teu animal de companhia é uma referência de bem-estar. A ciência prontamente comprovou que conviver com um animal de estimação assistência a eliminar o grau de estresse e a pressão nas artérias, aumenta a auto-estima, a competência social dos proprietários e avanço a afetividade em residência. Colega turnê mais uma vez a cabeça.

Parece que ele está de acordo com os estudos. Sanz é uma ativista da causa canina. Com seu inseparável Colega viaja frequentemente por toda a Espanha para localizar pistas. Pesquise e comprove pessoalmente de que forma está o panorama em outros blogs. E, algumas vezes, fica ocorrências surreais. “Em Vigo não poderá ter o cão em estação de trem, todavia o animal, entretanto, você podes viajar consigo. Como você faz pra descer sem que o animal dos estados unidos da estação?

o Chamamos de Harry Potter? Uma das coisas que se percebe é que a disparidade de normas. “Muita gente desconhece a legislação e eu pesquisar pra conceder esse serviço. Em cada município é diferente”, observa Fernandes, “tem gente que não sabe que necessita pegar um seguro de responsabilidade civil, ou pela vizinhança você poderá viajar com o cão, durante o tempo que você irá com açaime, em toda a Espanha”. Em Madrid, a portaria reguladora de posse e proteção de animais não proíbe sua entrada em bares e deixam ao critério do proprietário do local da admissão. Isso sim, é obrigatório que sejam mantidos com uma corda, e em casos de exemplares ou água temperamentais, usar um boçal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima